Notícias

Briosa joga melhor, mas sofre gol no fim e perde para o Água Santa

Equipe apresentou evolução física e técnica

 

 
A Portuguesa Santista foi superior ao Água Santa, mas um gol sofrido aos 44 minutos do segundo tempo decretou a vitória do clube de Diadema pelo placar de 1 a 0. O confronto válido pela sexta rodada da Copa Paulista foi realizado na tarde deste sábado no Estádio Distrital do Inamar, na Grande São Paulo.

Mostrando sensível evolução técnica e, especialmente, no aspecto físico, a Briosa encarou o adversário de igual para igual e teve as melhores oportunidades de sair na frente no marcador. No segundo tempo, a maior chance foi do zagueiro Dema, que chutou forte dentro da área, obrigando o goleiro Erivelton a realizar excelente defesa.

Quando tudo caminhava para o 0 a 0, surgiu o gol do Água Santa. Aos 44 minutos da etapa final, após falta na lateral, pelo lado esquerdo, o zagueiro Luizão subiu de cabeça no segundo pau e ajeitou para Rafael Martins escorar no canto direito do goleiro Rogério, que fazia sua reestreia com a camisa rubro-verde.

Com o resultado, a Portuguesa manteve-se na oitava colocação do grupo 3 da Copa Paulista, com dois pontos ganhos. A líder da chave é a Lusa, que na sexta-feira venceu o Taubaté fora de casa por 1 a 0 e chegou aos 13 pontos.

O próximo compromisso da Briosa na competição será diante do Santos B. O derby praiano está marcado para domingo, 6 de agosto, às 10 horas da manhã, no Estádio Ulrico Mursa.

FICHA TÉCNICA

ÁGUA SANTA 1 x 0 PORTUGUESA SANTISTA

Local: Estádio Distrital do Inamar, em Diadema
Renda: R$ 9090,00
Público: 1444 pagantes

Gol: Rafael Martins, aos 44 minutos do segundo tempo

Água Santa: Erivelton, Genilson, Luizão, Marcelo e Zeca; Serginho, Luan, Ronaldo (Erik Lucas) e Romarinho (Rafael Martins); Flávio Carioca e Anderson Bartola (Ygor Honorato).
Técnico: Jorginho

Portuguesa Santista: Rogério, Bruno Sacomani, Dema, Lucão e Alexandre Gaúcho (Felipe Henrique); Pedro Henrique, Vinicius Barba, Pedro Guimarães e Kaue Ramos (Leonardo Nascimento); Washington e Mario Newton (Luca Frazão).
Técnico: Ricardinho

Árbitro: Willer Fulgêncio Santos
Assistentes: Patrick André Bardauil e João Petrucio dos Santos

Cartões amarelos: Luan e Romarinho, ambos do Água Santa