Notícias

Para marcar seu centenário, Portuguesa Santista irá lançar livro sobre a história do clube

"100 Anos - Sou mais Briosa" foi escrito por Álvaro Silveira e Paulo Rogério

 

 

Um dos clubes mais tradicionais e queridos do futebol brasileiro, a Portuguesa Santista completa seu centenário de fundação no próximo dia 20 de novembro. Entre as diversas ações da diretoria comandada pelo presidente Lupércio Conde para marcar a data está o lançamento de um livro contando a história da agremiação.

Escrito pelo economista Álvaro Silveira e pelo jornalista Paulo Rogério, "100 Anos - Sou mais Briosa" conta com produção da Realejo Livros e dever estar disponível para o público até final do mês de outubro.

"A Portuguesa tem uma história muito rica, mas até hoje não existia uma obra contando toda sua trajetória, desde a fundação, em 1917, até os dias atuais. Quando soubemos do projeto do Álvaro e do Paulo, nossa diretoria deu total apoio para que o livro fosse viabilizado e pudesse chegar aos nossos torcedores, simpatizantes e a todos aqueles que têm interesse pela história do futebol brasileiro", declarou Lupércio Conde, que preside a Briosa desde 2015 e está nos últimos meses de seu mandato.

PESQUISA COMEÇOU EM 2012

Grande apaixonado pela Portuguesa, Álvaro Silveira conta que a ideia de escrever um livro detalhando a história do clube surgiu em 2012, já projetando que a obra poderia ser lançada até o ano do centenário. "Pesquisei os jornais desde a época da fundação. Foram cerca de quatro anos coletando material e organizando informações, fotos e depoimentos", lembra o economista, cujo irmão Sérgio Silveira, há cerca de dez anos, escreveu um livro sobre a história do Jabaquara Atlético Clube.

Para dar um toque jornalístico ao material, Silveira firmou parceria com Paulo Rogério, renomado repórter e editor do jornal A Tribuna e que em 2014 lançou um livro a respeito da conquista do Campeonato Brasileiro de 2002 pelo Santos Futebol Clube.

"Em 2016 eu pensei em escrever um livro sobre a história da Portuguesa e procurei o Walter Dias (radialista e conselheiro do clube) para me ajudar com as informações. Foi ele que me disse que o Álvaro já tinha feito a pesquisa e precisava de alguém para produzir o texto. Foi o Walter que fez essa intermediação", revela o jornalista.

REALEJO É ESPECIALISTA EM LIVROS SOBRE FUTEBOL

No final de 2016, após reuniões entre os dois autores e Rogério Conde, diretor da Portuguesa Santista, foi decidido que a Realejo Livros, com sede em Santos, seria a responsável por editar a obra.

"A Realejo é especialista em livros relacionados a futebol. Já lançamos obras sobre diversos clubes e atletas. Fiquei muito feliz por termos sido escolhidos para integrar esse projeto", declarou José Luiz Tahan, proprietário da livraria e editora.